Descubra de uma vez por todas como o Câmbio Automático funciona


Você sabia que o paulistano passa, em média, 45 dias por ano no trânsito?

Se você também está entre o número de motoristas que gastam um tempo enorme em congestionamentos, o conforto, com certeza, é um fator-chave para escolha de um carro.

E talvez seja por esse motivo que a preferência pelo câmbio automático vem crescendo cada vez mais.

Afinal, de acordo com as grandes montadoras, 95% dos motoristas que têm um carro automático não voltariam ao manual e, em 04 anos, 50% da frota brasileira será dominada por veículos com câmbio automático.

Pois bem, no artigo de hoje, vamos falar um pouco sobre o cobiçado câmbio automático.

Ainda aí? Descubra agora mesmo como funciona, quais os benefícios e quais os malefícios deste tipo de câmbio [com bônus].

Como funciona um câmbio automático?

Em primeiro lugar, é legal a gente deixar claro aqui, para não confundir, que existem quatro tipos de câmbio:

  1. Automático

  2. Automatizado

  3. CVT

  4. Mecânico

O automático atua diretamente na transmissão do veículo e isto significa que ele é, basicamente, uma máquina que não depende do condutor para regular a velocidade e a capacidade de força do motor.

Ou seja, o sistema de transmissão tem autonomia para interpretar a relação entre velocidade e rotação do motor possibilitando as trocas de marcha de maneira automática.

Portanto, como não há pedal da embreagem nem a necessidade de passar a marcha manualmente, você dirige apenas utilizando o pé direito.

Legal, mas quais são as vantagens?

Conforto

Como disse lá no começo do artigo, o conforto é um fator-chave para decisão de compra de um novo carro e é algo que um carro automático oferece muito mais do que um manual, por exemplo.

Quando está aquele trânsito "anda e para" você não cansará seu braço nem o seu joelho de ficar engatando a primeira marcha toda hora, não é mesmo?

A manutenção de um câmbio automático é mais cara?

A resposta é: não e sim.

Pois bem, se você trata seu carro como ele merece, faz as manutenções dentro do tempo certo, a resposta será não.

Porque a durabilidade de um câmbio automático é muito maior e, na maioria das vezes, se você tiver um bom mecânico, fará manutenção de câmbio uma única vez.

No entanto, a manutenção de um carro com câmbio manual (Embreagem e Câmbio), por exemplo, pode ser feita inúmeras vezes e, se somadas, com certeza darão um valor maior do que o único reparo no automático.

Em suma, se você não faz a manutenção básica no câmbio do seu carro automático, pode apostar que, quando der problema, irá doer no bolso.

O quiz da revisao

E o lado negativo?!

Como você já deve desconfiar, os veículos automáticos tendem a consumir mais combustível e, mais especificamente, em torno de 15% amais.

E isso se deve pela estrutura muito mais complexa desse tipo de câmbio, que envolve desde desperdício de energia até um componente chamado conversor de torque.

Por fim, já que você chegou até aqui, te darei algumas dicas que podem reduzir o preço da manutenção e diminuir o consumo de combustível de presente.

Bônus:

  • Deixe seu instinto esportivo em casa, não fique acelerando bruscamente

  • Faça a manutenção periódica

  • Coloque no "D" e curta seu percurso

Você tenta deixar seu carro com cara de bem cuidado sempre?!

Dá uma conferida lá no nosso post que vai te ajudar com isto: Entenda as 5 melhores dicas para deixar seu carro bem cuidado sempre!

E aí, você tem ou pensa em comprar um carro com câmbio automático?

Conte para nós, nos comentários!

Quer receber mais conteúdos como esse?